CríticaEquipe Protocolo XP

A GRANDE MENTIRA | Um filme muito mais denso e sombrio do que parece! (Crítica)

A primeira vista, A Grande Mentira (The Good Liar) 2019 pode parecer apenas mais uma comédia romântica, sobre um golpista que encontra o verdadeiro amor em uma das suas vítimas e inicia uma jornada de redenção através deste amor. Mas não, A Grande Mentira traz na verdade um enredo muito mais sombrio, sobre até onde podemos mentir para poder sobreviver e até onde o ódio é capaz de nos levar para conseguirmos nos vingar. Dito isso, talvez a melhor opção para o longa fosse seguir o caminho da comédia romântica.

(Imagem Promocional: A Grande Mentira – Warner Bros)

Enredo

O filme nos apresenta de cara o casal de protagonistas Roy Courtnay (Sir Ian McKellen) e Betty McLeish (Helen Mirren), enquanto criam seus perfis em um site de relacionamentos online. Roy é um golpista profissional, que entre seus golpes de falsos investimentos financeiros aplica também o golpe do baú em viúvas idosas. Já Betty é uma recém-viúva, aparentemente ingênua cujo o parente mais próximo é seu neto super protetor Stephen (Russell Tovey). O que seria apenas mais um golpe de rotina para Roy, acaba se tornando algo muito mais complicado, conforme o passado do novo casal começa a vir à tona trazendo junto sentimentos inesperados, enquanto as vítimas do último golpe de Roy vem atrás dele em busca de vingança.

Arte

A película conta com com uma fotografia limpa e agradável de assistir, o filme conta com ângulos de câmera comuns, e não utiliza quase nenhum efeito visual, exceto em duas ou três cenas em específico. E nelas os efeitos são convincentes e cumprem seu papel em manter a narrativa andando.

(Imagem Promocional: A Grande Mentira – Warner Bros)

Som

A trilha sonora do filme é bem discreta e cumpre seu papel, mantendo o protagonismo nas atuações ao invés da música. Mixagem e efeitos sonoros estão bem-feitos, mas estão longe de serem levados ao seu limite técnico, uma vez que na maior parte do tempo servem apenas para realçar o som ambiente e diálogos dos personagens. Temos nesse quesito um trabalho muito competente porém discreto.

Atuações

Aqui Helen Mirren e Sir Ian McKellen com certeza brilham, com atuações sensacionais e carregadas de sentimentos. Sendo muitas vezes sentimentos sutis expressados da maneira correta. Com certeza, duas atuações sólidas e respeitáveis. Quanto ao restante do elenco podemos dizer facilmente que todas as atuações estão boas aqui, todos os personagens são bem-sucedidos em nos convencer de que são pessoas que poderiam ser reais. Enfim, o trabalho de todos nesse quesito está excelente.

(Imagem Promocional: A Grande Mentira – Warner Bros)

Uma vez que você tenha em mente que não assistirá uma comédia romântica, algo sem um final feliz para todos, como de costume. E sim um suspense, com um final de certa forma triste e revoltante. Ficará mais fácil decidir se esse filme vale ou não sua atenção. Embora para os fãs do bom cinema, a atuação dos protagonistas mereça com certeza o seu tempo. A Grande Mentira talvez não seja um filme para qualquer um mas, com certeza, é um filme com qualidade acima da média.


Trailer:

A Grande Mentira 2019

7

Nota para o jogo:

7.0/10

Prós

  • Helen Mirren
  • Sir Ian McKellen
  • Tecnicamente muito bem feito

Contras

  • Plot twist de certa forma previsível
  • Final que não combina com o resto do enredo
  • Ritmo lento

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo