Connect with us
A GUARDA DO LEÃO | Até onde o reino se estende, a Guarda do Leão Defende (Crítica da animação) - Protocolo XP

Crítica

A GUARDA DO LEÃO | Até onde o reino se estende, a Guarda do Leão Defende (Crítica da animação)

Published

on

A Guarda do Leão (The Lion Guard) é uma animação produzida pela Disney que está situada dentro do universo do Rei Leão. Sua produção foi entre os anos de 2015 e 2020, contando com 78 episódios distribuídos em 3 temporadas. A animação traz como protagonista o filho de Simba, Kion, que é irmão mais novo de Kiara. Cronologicamente, ‘A Guarda do Leão’ se situa entre ‘O Rei Leão (1994)’ e ‘O Rei Leão 2: O Reino de Simba (1998)’.

Em ‘A Guarda do Leão’, é expandida a história do Rei Leão de uma forma que “Timão e Pumba” não conseguiu, ou mesmo não se preocupou em fazer. Somos apresentados a mais personagens das Terras do Reino, governadas por Simba após a derrota de Scar. Focarei apenas no material canônico que temos disponível, que são os 3 filmes já lançados, irei desconsiderar a obra literária lançada nos EUA que apresenta um outro filho de Simba, chamado Kopa, que em momento algum é sequer citado nas animações e filmes.

O foco da Guarda do Leão é mostrar Kion e sua equipe defendendo as Terras do Reino dos animais que não respeitam o chamado “Ciclo da Vida”. A Guarda é composta por cinco membros, que originalmente são leões com características distintas: o mais feroz, o mais forte, o mais corajoso, o mais veloz e o de melhor visão do Reino. Kion quebra com essa tradição ao montar sua equipe com seus amigos, sendo ele o único leão presente, ocupando o posto de “mais feroz“.

Os outros membros da Guarda são o hipopótamo Beshte (mais forte), o ratel/texugo do mel Bunga (mais corajoso),  a guepardo Fuli (mais veloz), que também é a primeira fêmea a fazer parte da equipe, e a garça Ono (melhor visão).

A Guarda do Leão chamou a minha atenção quando estava procurando animações infantis para meu filho começar a assistir. Por se tratar de algo familiar a mim, devido as outras obras dessa franquia, foi uma das primeiras escolhas e devo confessar que acabei gostando mais dessa animação que meu filho (risos).

As histórias de cada episódio são interligadas, mostrando o desenvolvimento de cada um dos personagens, mas não necessariamente há necessidade de se assistir a todos os episódios para entender o que está ocorrendo. Basicamente em todos os episódios ocorre uma luta do bem contra o mal. O desenvolvimento da trama também se dá de forma bastante simples e objetiva, fazendo com que o público alvo de “A Guarda do Leão”, que são as crianças, compreendam bem o que está ocorrendo.

Nos primeiros episódios, vemos histórias soltas mostrando a formação e início da Guarda, e com o desenrolar das aventuras dos protetores das Terras do Reino, vão se criando arcos para aumentar os desafios dos personagens, de forma que os episódios se tornem diferentes entre si. As duas grandes sagas da Guarda do Leão é a guerra entre as Terras do Reino e a terra sombria, onde Scar foi trazido de volta pelas hienas e busca destruir o reino de Simba; e a busca pela árvore da vida, para curar Kion de uma ferida que Scar ocasionou no jovem leão.

Algo que me agradou bastante na Guarda do Leão é que vi novamente a essência das animações que acompanhei em minha infância, onde “ser educativo” não é o foco. Claro, a animação traz conceitos de amizade, lealdade, justiça e amor ao próximo, mas não deixa de mostrar o mal e a guerra, sem trazer sangue, é claro, mas também não tenta enfiar algum aprendizado aleatório goela abaixo a cada nova cena, como a grande maioria dos desenhos infantis fazem hoje em dia.

Destaco também em “A Guarda do Leão”, a ótima trilha sonora, que conta com selo de qualidade Disney. Em praticamente todos os episódios, senão em todos, temos momentos onde algum ou alguns personagens começam a já esperada cantoria, e na grande maioria das vezes, as músicas são bem executadas e agradam bastante aos pequenos e também as grandões que estão acompanhando o episódio. Inclusive muitas dessas músicas viram chiclete e você fica horas, até dias cantarolando sem nem mesmo perceber.

A entrar na 3ª temporada da Guarda do Leão, até chegar a seu derradeiro episódio, fui conseguindo identificar como eles iriam costurar essa história sem atrapalhar o cânon já estabelecido por Rei Leão 1 e 2, e isso é feito de forma bastante eficaz e sem muita margem para reclamações dos fãs mais fanáticos e intolerantes. Entendemos por que a Guarda não aparece em Rei Leão 2 e um leque de possibilidades mais se abrem para futuras produções dentro desse incrível universo.

Comente!

A Guarda do Leão

8

Nota para a animação:

8.0/10

Prós

  • Enredo simples e coeso
  • Músicas
  • Desenvolvimento dos personagens
  • Expansão do universo do Rei Leão

Contras

  • Alguns personagens poderiam aparecer mais vezes
Comments

Críticas e Reviews

EM CARTAZ!

Agregalinks - O melhor agregador de links para blogs EuTeSalvo - Salvando os melhores blogs! Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! Agregador de conteúdo TrendsTops Uêba - Os Melhores Links

Em Destaque

%d blogueiros gostam disto: