Connect with us
DAYBREAK | O hilário e excêntrico apocalipse zumbi com adolescentes! (Crítica da 1º Temporada) - Protocolo XP

Crítica

DAYBREAK | O hilário e excêntrico apocalipse zumbi com adolescentes! (Crítica da 1º Temporada)

Published

on

É quase impossível esperar algo de uma série tão aleatória (nem tanto vai … rs) é igual a Daybreak . Mas o resultado dessa série pode ser a primeira clareza do dia! (Me desculpem a piada!)

Uma serie com muita referência desse mundo pop que conhecemos com pitadas hilárias de zumbi, casos de amor entre dois garotos e claro um cara totalmente imbecil. E tudo isso com uma trilha sonora ótima e algumas músicas dos anos 90 tops!

Essa é a nova produção original da Netflix, “Daybreak”, a série retrata de um apocalipse onde todos os adultos morrem e alguns viram zumbis que eles chamam de “ghoulies” onde começa com o Josh Wheeler. Detalhe, “Josh” (Colin Ford) começa falando com o espectador que tem o objetivo de reencontrar uma garota que ele ama tanto, a tal da Samaira, mais conhecida com Sam Dean (Sophie Simnett). Temos também a Angelica (Alyvia Alyn Lind), que no meu ponto de vista é a mais top da série, ela eleva para outro nível o tão famoso slime.

No decorrer dos episódios, Josh fica contando com a vantagem ou a quantidade de vida melhor após o apocalipse, onde tem um super vilão ou é o diretor Ferris Bueller (Matthew Broderick – ator de Curtindo a Vida Adoidado e Metido em Filme, a vivência nesse filme Brincadeira – rs), um dos poucos adultos vivos.

A série é baseada no QG de Brian Ralph , que contém uma história simples, onde o herói sai em busca da sua princesa, tudo isso fica ótimo com muitas sarcásticas. Quatro personagens destacados nessa série. O samurai Wesley Fists (Austin Crute), onde ele é o samurai e respeita apenas o seu próprio código, mesmo no mundo da cabeça pra baixo. Angelica (Alyvia Alyn Lind), uma garota de dez anos super foda (Que parece minha filha! Sou pai coruja mesmo!) Com valores morais bastante flexíveis. Temos uma professora Crumble (Krysta Rodriguez), que também é uma zumbi “ghoulies” , mas não aceita esse fato e se torna uma bruxa inteligente e Eli Cardashyan (Gregory Kasyan), dono de compras, local onde acontece muita coisa bacana na série.

Daybreak é isso, bem divertido e com um meio final que acaba dando um gancho interessante para uma segunda segunda temporada. Mesmo com a adolescente temática, a produção é a série para juntar os amigos, estourar a pipoca e ficar rindo e zoando com a sua turma, espero que gostem tanto quanto eu adoro.


Trailer da série:

https://youtu.be/fUMBd25y9wM


Gostou da matéria? Então, dê aquela força, comente e compartilhe com seus amigos, curta, siga e  fique ligado no  Protocolo XP  nas redes sociais.

Protocolo XP no Facebook  /  Instagram Twitter

Comente!

Daybreak - 1º Temporada

8

Nota para a 1ª temporada da série:

8.0/10

Prós

  • Alyvia Alyn Lind como Angelica
  • História
  • Matthew Broderick
  • Elenco

Contras

  • Clichês
  • Pegada Adolescente
Comments

Críticas e Reviews

EM CARTAZ!

Agregalinks - O melhor agregador de links para blogs EuTeSalvo - Salvando os melhores blogs! Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! Agregador de conteúdo TrendsTops Uêba - Os Melhores Links

Em Destaque

%d blogueiros gostam disto: