CríticaIgor

DUPLA EXPLOSIVA | Excesso de clichês e um elenco de peso! (Crítica)

Dupla Explosiva é uma grande exceção por conta do seu elenco de peso, distribuído pela Lionsgate mundialmente no Brasil pela California Filmes, temos aqui uma produção que poderia algo fantástico, mas que pra se salvar ela  usa e abusa dos maiores clichês hollywoodianos em filmes de comédia com ação. Se você não acredita nisso, preste atenção nessa descrição básica de clichês e isso irá casar praticamente com a sinopse do filme que se encontra no final desta crítica:

Uma dupla de personagens que se odeiam terão que juntar forças para se livrarem de uma ameaça vinda do oeste do nosso planeta (na maioria das vezes um ator famoso fazendo o papel de um vilão russo pra variar), na dupla temos um doido e um certinho, o bom moço tem um grande amor que ajuda ele e o futuro casal é amigo do X-9 que conta tudo para o vilão.

Bem, se eu continuar descrevendo mais clichês eu vou acabar contando o filme todo. Entretanto, a produção é bastante divertida sendo um deleite para os fãs dos filmes de passatempo (aquelas produções para acompanhar em uma tarde de domingo), o diretor Patrick Hughes (que tem em seu currículo o fraquíssimo “Os Mercenários 3”) até tenta dar sentido para toda a loucura que é jogada na tela, mas o roteiro fraco e o abuso vergonhoso em cima de Salma Hayek para ser uma sex symbol latina, que repete em todas as suas falas “La cucaracha”, chega a ser vergonhoso.  

O filme tem menos de 2 horas e as explosões da grande dupla acabam se prendendo em diálogos vazios e extremamente desinteressantes vindos do personagem de Samuel L. Jackson. O ator Ryan Reynolds até se esforça para ser o bom moço sério e que manda bem, mas mesmo tentando ser canastrão, mister Jackson é um veterano neste tipo de filme e nos entrega uma atuação bem à vontade nas cenas de ação. Outro destaque positivo esta na atuação da francesa Élodie Yung que parece estar se sentindo mais a vontade nas produções americanas (mesmo o filme sendo feito na Europa). No final os outros pontos negativos vão para a atuação morna de Gary Oldman, o veterano ator faz o básico e o seu personagem lembra até um refrigerante de 3 litros com uma aparência toda imponente, mas no meio para o final acaba perdendo o gás e se torna em um personagem com uma motivação que lembra os incansáveis clichês.

Não vá esperando que Dupla Explosiva seja um grande filme de ação e com um roteiro interessante, onde o seu elenco cheio de estrelas sustente um grande blockbuster. Mas se você adora um filme para acompanhar em uma tarde vazia ou assistir aquele filme para ver com a (o) namorada (o), a produção pode ser uma opção interessante caso você esteja sem ideias para escolher um filme, pois pelo menos, diversão não irá faltar com a dupla.


Busca Explosiva (The Hitman’s Bodyguard)

Sinopse: O melhor agente de proteção do mundo recebe um novo cliente: um assassino que veio do frio. Depois de estar nos extremos opostos, eles devem se unir e pegar em apenas 24 horas um ditador assassino.

Direção: Patrick Hughes

Elenco: Ryan Reynolds, Samuel L. Jackson, Salma Hayek, Gary Oldman, Élodie Yung, Joaquim de Almeida e Richard E. Grant.


Trailer:


Gostou da matéria? Então dá aquela força, comenta e compartilha com seus amigos, curta, siga e fique ligado no Protocolo XP nas redes sociais.

Protocolo XP no Facebook

Protocolo XP no Twitter

Protocolo XP no Instagram

Dupla Explosiva encontra-se disponível para compra nos principais serviços de VOD no Brasil.

2

Nota para o filme:

2.0/10

Prós

  • Elenco de peso
  • Samuel L. Jackson

Contras

  • História previsível
  • Personagens caricatos
  • Exploração sexual em Salma Hayek
  • Vilão Russo

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo