CríticaEquipe Protocolo XP

ENTRE FACAS E SEGREDOS | Um mistério à moda antiga! (Crítica)

Entre Facas e Segredos (Knives Out) 2019, é um filme de mistério surpreendente com uma forte pegada clássica, lembrando muito os livros da escritora Agatha Cristie. O filme conta com um elenco de peso para dar vida à disfuncional família Thrombey, onde cada parente esconde um segredo. E assim o filme se sustenta, revelando aos poucos a história de cada membro da família para no final entregar um desfecho surpreendente, que poucas pessoas conseguirão adivinhar.

(Imagem Promocional: Entre Facas e Segredos – Paris Filmes)

O enredo do filme nos coloca na festa de aniversário do patriarca da família, Harlan Thrombey (Christopher Plummer). Mas o que deveria ser um momento alegre de reunião dos Thrombeys acaba se tornando uma cena de crime, quando Harlan aparece morto em um suposto suicídio. A partir dai cabe a polícia com a ajuda do super detetive particular Benoit Blanc (Daniel Craig) descobrir o que realmente ocorreu na fatídica noite, em uma situação onde todos são suspeitos.

A arte de Entre Facas e Segredos, é um espetáculo à parte! Desde as locações, no caso a maior parte do filme se passa na mansão de Harlan, um lugar que por si só já é cheio de mistérios e um ambiente de fazer inveja a qualquer mansão mal assombrada. A fotografia também é muito bonita com um contraste carregado e um controle sobre as cores. No quesito som, o filme também não decepciona trazendo uma boa edição e mixagem. No geral a parte técnica do filme é sólida e ajuda na imersão do espectador nesse fantástico mundo de mistério.

 (Imagem Promocional: Entre Facas e Segredos – Paris Filmes)

Um ponto que chama a atenção no longa, é com certeza o elenco, Entre Facas e Segredos conta com um elenco muito talentoso, onde todos entregam uma boa atuação. Podemos começar falando de Christopher Plummer e seu Harlan Thrombey embora tenha um tempo em cena menor que os outros, Plummer consegue entregar um personagem carismático que faz com que o espectador se importe. Benoit Blanc de Daniel Craig também é um exemplo de personagem bem construído e executado, criando um detetive que é um misto de personagem de noir com Sherlock Holmes, o que acaba sendo uma mistura muito divertida.

No lado dos suspeitos podemos começar por Chris Evans e seu Ransom Drysdale, Neto de Harlan. Aqui Chris é um playboy almofadinha e malandro que vive à custa do avô. Outro destaque é Toni Collette que aqui vive Joni Thrombey, uma das filhas de Harlan que assim como os outros depende financeiramente do pai. Jamie Lee Curtis também arrasa como Linda Drysdale, sendo talvez um dos poucos parentes com a cabeça no lugar. E para finalizar vamos falar da enfermeira e talvez melhor amiga de Harlan, a doce Marta Cabrera (Ana de Armas), sendo talvez um dos personagens mais interessantes do filme por fisiologicamente não conseguir mentir, toda vez que Marta conta uma mentira ela acaba vomitando, o que acaba criando muitas cenas interessantes e divertidas.

 (Imagem Promocional: Entre Facas e Segredos – Paris Filmes)

Entre Facas e Segredos é um prato cheio para quem curte um bom filme de mistério, contando com um elenco sensacional, roteiro muito bem escrito e uma parte técnica exemplar. Esse é certamente um filme para se assistir com os amigos e cada um apostar no seu assassino, isso com certeza, vai gerar risadas e dificilmente alguém vai acertar. Sendo assim, o filme fica mais que recomendado, se puder assista pois você vai se divertir bastante.


Trailer:

Entre Facas e Segredos 2019

8.5

Nota para a série:

8.5/10

Prós

  • Elenco sensacional
  • História interessante
  • Ambientação incrível

Contras

  • Um pouco arrastado as vezes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo