CríticaEquipe Protocolo XP

O MUNDO SOMBRIO DE SABRINA | A volta do futuro! (Crítica da 3ª Temporada)

Todos aqui na minha casa estavam loucos e empolgados para desfrutar um pouco mais do astral infernal da 3ª temporada  de O Mundo Sombrio de Sabrina. O novo ano abre as portas do inferno para que possamos ver Sabrina (Kiernan Shipka) resgatar seu namorado Nick (Gavin Leatherwood) que ficou preso, dividindo o corpo com o astuto Senhor das Trevas (Luke Cook). 

Este terceiro ano do show já trouxe a solução para ter aquele gancho da temporada anterior e conseguiu empolgar com uma versão sombria, com a ideia de Sabrina (Kiernan Shipka) e Roz (Jaz Sinclair) se juntarem as líderes de torcida, além de mostrar a Igreja da Noite tentando se reestruturar.

O Mundo Sombrio de Sabrina / Netflix

Muitos elementos acabaram sendo pouco ou mal explorados ao longo da série, que por vezes pareceu não saber o que fazer e se perdeu ao longo do caminho. O lado bom é que tudo isso poderá ser aproveitado na Parte 4 (pois o pessoal aqui de casa está louco pra saber muita coisa desses novos personagens).

Entre os novos personagens, tivemos o menino que veio do barro, Caliban (Sam Corlett), fora introduzido como um oponente e possível vilão da nova temporada. Mas um circo itinerante chega a Greendale todo esse arco fica uma bagunça e o príncipe do Inferno acaba aparecendo pontualmente apenas para trazer algumas missões para Sabrina.

A ingenuidade excessiva da bruxa nesta terceira temporada é gritante, que não condiz com suas diversas espertezas ao longo da série e acaba servindo única e exclusivamente para trazer reviravoltas e dificuldades. Ao meu ver neste caso o roteiro é rico em referências, mas acaba se perdendo como em uma das partes que ela ressurge do nada onde no final consegue resgatar e arrumar quase tudo.

No ponto positivo, o mergulho em novas mitologias, no mundo mágico e novos personagens permitiram que O Mundo Sombrio de Sabrina explore novas referências no gênero de terror e que você possa assistir sem se cansar. Além disso, o tema central desta terceira temporada é a busca por poder, onde toma novas formas no dilema de Sabrina e no núcleo que envolve a Igreja da Noite, na liderança de Zelda (Miranda Otto).

Miranda Otto em ‘O Mundo Sombrio de Sabrina’ / Netflix

Por ser uma serie adolescente as músicas desta vez são bem “pop”, fora ainda que no último capítulo aconteceu algo que está mais do que na moda, temos um beijo entre meninas, já que vimos muito do reino caótico do inferno. Não deixe de assistir esta terceira temporada, confere lá!

Nós já conferimos e esperamos que venha a próxima temporada com boas novidades…


Trailer:

O Mundo Sombrio de Sabrina (3ª Temporada)

8.5

Nota para a 3º temporada da série:

8.5/10

Prós

  • Ótimas cenas de suspense
  • Ótimo figurino
  • Novos personagens

Contras

  • O gato Salem quase não apareceu
  • Até agora não entendi como ela apareceu pra ela mesma e virou duas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo