CríticaEquipe Protocolo XP

OS PARÇAS 2 | Uma grande brincadeira (Crítica)

Os Parças 2017 foi uma comédia que passou batida para muita gente, e parece que sua sequência, Os Parças 2 2019, vai seguir o mesmo caminho. O longa é um exemplo perfeito de porque o brasileiro parece tão desinteressado com o cinema nacional, pois mesmo com filmes excelentes sendo lançados durante o ano, por algum motivo misterioso a maioria das salas de cinema do nosso país parece dar prioridade para filmes deste nível.

(Imagem Promocional: Os Parças 2 – Paris Filmes)

Enredo

Não há muito a se falar sobre esse quesito, a história segue os acontecimentos do primeiro filme. Agora colocando os protagonistas fugindo dos vilões em uma colônia de férias caindo aos pedaços, onde precisam agradar aos jovens frequentadores para assim juntar dinheiro e conseguir fugir do país, ou algo assim. O roteiro do filme é tão precário que parece que foi criado para um programa de humor no estilo Zorra Total, com várias esquetes que seguem uma ordem cronológica somente para empurrar o enredo. A história é tão vazia e sem sentido que fica até difícil se importar com o que está acontecendo, em meio as piadas escatológicas e que tiram sarro das características físicas dos personagens, enquanto tentam empurrar uma contraditória mensagem de “diga não ao bullying”.

Arte

Com uma fotografia demasiadamente escura, em muitos momentos você se sente assistindo um filme de terror ao invés de uma comédia, até escutar uma piada escatológica sem graça. Ai você se lembra que está na realidade assistindo uma tragédia, mesmo que esse não seja o gênero oficial do longa. Os ângulos de câmera usados também lembram muito as novelinhas infantis do SBT, talvez porque esse seja realmente o único público-alvo deste filme.

(Imagem Promocional: Os Parças 2 – Paris Filmes)

Som

Podia ser pior, mas também não é bom e está muito longe de ser considerado decente para um longa, mesmo que nacional, em 2019. Boa parte do filme se passa em áreas abertas e isso definitivamente não ajuda na qualidade da captação dos diálogos, porém fica evidente que faltou um pouco de capricho na hora da captação e edição.

Atuações

Parece que não havia direção presente na gravação do filme, pois não existe nenhuma atuação ali, de fato a maior parte do tempo o time de protagonistas Toin (Tom Cavalcante), Ray Van (Whindersson Nunes) e Pilôra (Tirullipa) parece mais que estão improvisando ou utilizando velhos personagens, do que seguindo alguma linha de atuação.

(Imagem Promocional: Os Parças 2 – Paris Filmes)

Os Parças 2 é um filme para pré-adolescentes, e pode ser uma boa pedida para entreter os baixinhos por mais de uma hora. Mas se você já é maduro o suficiente para não achar mais graça em piadas envolvendo fezes, neste caso fique longe desta bomba.


Trailer:

Os Parças 2 2019

1

Nota para o episódio:

1.0/10

Prós

  • Pelo menos é curto

Contras

  • Péssimas atuações
  • Péssimo roteiro
  • Péssimo trabalho técnico
  • Humor sem graça

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo