Crítica

SEM REMORSO | Crítica do filme

Michael B. Jordan salva filme de ação comum

Ao assistir um filme intitulado Sem Remorso e que alega ser baseado no livro homônimo de Tom Clancy, espera-se uma história envolvente e com um enredo bastante fiel a obra do famoso romancista. Mas esse não é o caso com o longa lançado pela Amazon Prime Video e produzido pela Paramount Picutures, em Sem Remorso de Tom Clancy, John Clark é trazido à vida em uma história de origem que pinta pelos números, mas no final das contas sai da tela apenas por causa da habilidade, carisma e a presença irresistível na tela de Michael B. Jordan

Sem Remorso/Amazon Prime Video & Paramount Pictures – Foto: Divulgação

Abordado de forma bastante genérica e sem alma, o longa dirigido por Stefano Sollima, mostra Michael B. Jordan, que interpreta um agente da Marinha dos Estados Unidos chamado John Kelly (ele só vira o famoso John Clark no final do filme e temos até uma piada com novo codinome) que está em busca por vingança depois que sua esposa grávida foi assassinada por pessoas que parecem ser cidadãos russos.

Como a origem da maioria dos super-heróis, a evolução de Kelly/Clark de um operário pelos livros para um cão de vingança sedento por sangue é quase imediata. O personagem era um soldado franco que era enredado no mundo duplo da espionagem internacional e se depara com fomentadores de guerra altamente posicionados para os quais as tropas são apenas peões para atingir seus objetivos vagos. Com o decorrer da trama vaga, surge ocasionalmente indícios de que pessoas no governo dos EUA olham para a Guerra Fria com olhos nostálgicos e a querem de volta.

Sem Remorso é um thriller de espionagem tão convencional quanto parece, é como se os escritores, Taylor Sheridan e Will Staples, quisessem marcar cada caixa de um filme típico do gênero com o herói sendo uma força imparável da natureza que não pode ser morta por batalhões inteiros de bandidos sem nome. Ele leva um tiro, mas as balas alojadas em seu torso e ombros são pequenos inconvenientes em face de seus objetivos. 

Sem Remorso/Amazon Prime Video & Paramount Pictures – Foto: Divulgação

Existem algumas viradas previsíveis e escaramuças ousadas que se seguem, mas mesmo essas parecem estratégicas, como se tivessem sido concebidas separadamente como sequências visualmente interessantes que certamente deixarão uma marca no público e amarradas com uma série frágil de decisões e emoções de Kelly/Clark. Entretanto, a grande reviravolta que o filme tem no final não surpreende e segue um clichê bastante notável.

Fora ainda que o longa não vive só de coisas obvias, a intensidade de Michael B Jordan e o elenco de apoio, contando particularmente com boas atuações de Jodie Turner-Smith e Jamie Bell, acabam tendo êxito com algumas boas cenas de ação primorosamente filmadas e executadas que o manterão entretido neste filme esquecível. 

Sem Remorso/Amazon Prime Video & Paramount Pictures – Foto: Divulgação

No geral, Sem Remorso é um filme mediano e que serve apenas para entreter o espectador que queira assistir um longa sem compromisso em um fim de semana, ele serve também para aqueles que não têm discernimento e nenhuma expectativa de se maravilhar com a engenhosidade da premissa do filme.

Sinopse:

Sem Remorso conta a história de John Kelly (Michael B. Jordan), um oficial de elite da Marinha. Quando um esquadrão de soldados russos mata sua esposa grávida em retaliação ao seu papel em uma operação ultrassecreta, ele persegue os assassinos a todo custo. Unindo forças com um companheira da marinha (Jodie Turner-Smith) e um sombrio agente da CIA (Jamie Bell), a missão de Kelly involuntariamente expõe uma conspiração secreta que ameaça envolver os EUA e a Rússia em uma grande guerra. Dividido entre a honra pessoal e a lealdade ao seu país, Kelly deve lutar sem nenhum remorso contra seus inimigos se quiser evitar um desastre e expor as figuras poderosas por trás da conspiração. Inspirado no livro de Tom Clancy, parte do universo de Jack Ryan.

Trailer:

Sem Remorso

6

Nota:

6.0/10

Prós

  • Michael B. Jordan salva o filme
  • Baseado em obra de Tom Clancy
  • Cenas de ação
  • Elenco de peso

Contras

  • História totalmente clichê
  • Roteiro sem envolvimento e emoção com as tramas colocadas

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: