Crítica

THE GOD OF HIGH SCHOOL | Que maravilha! Primeiras impressões do anime original da Crunchyroll – Episódio 01: Set Up/Stand Up (Crítica)

Baseado no manhwa (HQ coreana) coreano homônimo de Yongie Park, o anime The God of High School finalmente fez sua estréia no serviço de streaming Crunchyroll. Depois de mostrar os primeiros cinco minutos do episódio 1, chamado Set Up/Stand Up, durante um evento ao vivo e exclusivo na internet, o anime teve um enorme hype e gerou uma grande expectativa para sua estreia.

Produzida pelo estúdio MAPPA, a série de anime de luta promete agradar bastante os fãs brasileiros, seguindo o aluno de colegial Jin Mori e seus amigos enquanto competem em um torneio épico chamado “God of High School“. Acontecendo na Coréia, o torneio de artes marciais reúne todos os estilos para estudantes do ensino médio de todo o país. Com a promessa de ter reconhecido os desejos mais profundos do seu coração, os participantes entram no torneio em busca de vitória e reconhecimento. 

Jin Mori, nosso protagonista, vive sozinho depois de se separar de seu avô Taejin. Neste primeiro episódio, Jin está a caminho da fase preliminar da sua região, quando acaba perseguindo um ladrão de bolsas. No meio de sua busca, ele conhece Han Daewi e Yoo Mira, outros dois estudantes do ensino médio que também estão participando da fase preliminar. 

Havendo muito do que explicar nessa estréia, este primeiro episódio acaba não decepcionando e nos mostra uma premiere tradicional de qualquer episódio de anime, no qual conhecemos os personagens principais, a premissa com tom misterioso é nos apresentado deixando o público com um cliffhanger suficiente para fazê-los voltar rapidamente para acompanharem o anime na Crunchyroll no momento em que o segundo episódio sair. E, felizmente,o primeiro episódio do anime faz isso dividindo efetivamente o episódio em duas partes.

Este episódio de estreia usa a primeira metade de seu tempo de execução para nos apresentar nosso trio principal da série e acaba nos dando uma dica de seu poder e talento, enquanto a outra metade lança os espectadores para o próprio torneio. Essa bifurcação do episódio ajuda a atender a todos os requisitos que o primeiro episódio precisa cumprir para atrair o público ao apresentar para o público seus personagens sem histórias de fundo demoradas, usando o modo como eles lidam com a situação problema para destacar seus traços de personalidade.

Na segunda metade do episódio detalha o torneio “God of High School” sem depender da exposição excessiva sobre como funciona as batalhas. Em vez disso, o episódio usa o locutor como um dispositivo de enredo e joga os estudantes do ensino médio em uma luta rápida que gera muita pressão e mistura muitas cenas de ação. Ao fazer isso, o cenário está pronto para que segundo episódio entre em franca expansão para o desenvolvimento desta que promete ser uma boa história, especialmente se formos considerar que o nível da animação das cenas de luta que foram produzidas pelo estúdio MAPPA e toda a paleta de cores são incríveis.

Outro grande destaque do anime está nas músicas de abertura e encerramento: “Contradiction (feat. Tyler Carter)” do DJ KSUKE e “WIN” do boy group CIX, respectivamente. Como uma abertura, “Contradiction (feat. Tyler Carter)” é uma música em inglês que mistura neon e coreografias de luta, só essas poucas cenas são o suficiente para deixar qualquer um entusiasmado pelo episódio que vai vir. Além disso, “WIN” oferece uma música tradicional no estilo K-pop que, embora mais tímida que a abertura, traz o fogo para os tímpanos com a mesma força.

No geral, The God of High School teve um episódio de estreia bastante agradável e deverá agradar os fãs tupiniquins que estão acostumados com animes que passam vários episódios com batalhas em arena de luta, como Dragon Ball, Yu Yu Hakusho, Pokémon e Digimon. Outro ponto é que a parceria da Crunchyroll com a WEBTOON é algo bastante positivo e mostra que foi uma das melhores coisas que aconteceram ao anime.

Lembrando que novos episódios do anime The God of High School estreiam toda segunda-feira, exclusivamente na plataforma Crunchyroll.


The God of High School

10

Nota para o episódio:

10.0/10

Prós

  • Boas cenas de ação
  • Bom cliffhanger
  • Personagens interessantes
  • Boa animação
  • Anime que lembra bons clássicos

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: