Crítica

THE MANDALORIAN | A “Força” é poderosa, baby! – Capítulo 02: The Child (Crítica)

Com a estreia primorosa do capítulo 01 da primeira série em live-action da franquia Star Wars, o serviço de streaming Disney+ não perdeu tempo e já lançou o segundo capítulo da série. Se no piloto tivemos destaque para a abordagem da história, o figurino e os personagens, no capítulo 2 o show continuou a enfatizar isso ainda mais com uma excelente ação e a construção de caráter do nosso protagonista misterioso.

O novo episódio começa com o Mandaloriano e o Baby Yoda atravessando o planeta após os eventos do capítulo 1. Está claro desde o início que o Mandaloriano é um urso no deserto protegendo seu filhote (Baby Yoda). Observar o Mandaloriano e o Baby Yoda atravessando o planeta desértico ao som de fundo de uma bela trilha sonora foi encantador.

Entretanto, este episódio tem algo negativo. Infelizmente a duração é bem pequena, me desculpe Lucas Film e Disney, mas fazer um episódio de uma aguardada série com apenas 30 minutos chega a doer só de lembrar. Em contrapartida, se tivemos o droide IG-11 tendo uma química fantástica com o Mandaloriano durante o primeiro episódio, aqui o personagem de Nick Nolte, Kuiil, ganha pontos pela incrível lealdade. Kuiil é outro grande destaque deste episódio, e parece que infelizmente seu personagem chegou ao fim de sua jornada na série, uma pena, pois Kuiil não apenas embarca em uma missão para recuperar as peças despojadas pelos Jawas, mas também reparou sem pestanejar a nave do misterioso Mandaloriano.

Após a serventia, ele pede em troca um simples “obrigado” pelo protagonista ter devolvido a paz ao seu vale, um diálogo simples, mas bem encaixado que entra em harmonia no que é a essência de Star Wars, ajudar e cumprir deveres por prazer e não por obrigação. O mais legal que tudo é colocado para ter um sentido, obviamente de forma sutil e tenho certeza que para um caçador de recompensas que vive de missão em missão, a generosidade e a amizade de Kuiil acabou dando um impacto duradouro no que o Mandaloriano pensa ao interagir com vários seres na galáxia.

Falando em planeta, o retorno dos Jawas confirma que estamos atualmente no planeta Tatooine? Pessoalmente eu amo como The Mandalorian não mostra o nome dos planetas e mantém tudo em segredo, aqui muitas coisas são abordadas em tom misterioso no show, o que apenas nos mantém antenado e tentando adivinhar cena a cena.

Outra coisa legal que neste novo episódio o ritmo foi um pouco mais acentuado e isso foi bem positivo, pois durante a cena para obter as peças necessárias para consertar sua nave, o Mandaloriano e os Jawas entram em um acordo para que o nosso personagem principal pegue o ovo de uma fera semelhante a um rinoceronte. Nessa luta contra o animal feroz, o Mandaloriano acaba ficando bem desgastado e chegando quase a perder a vida nos momentos finais desta batalha. Aí que o grande ápice do episódio acontece e que explode a cabeça dos fãs e até minha explodiu e foi elevada aos cosmos, Baby Yoda usa a Força para levitar o animal feroz para proteger o nosso misterioso caçador de recompensas. Quando o animal cai no chão, o Mandaloriano apunhala o animal com sua faca e sobrevive da dura batalha. Exausto pelo uso da Força, o Baby Yoda acaba adormecendo pelo restante do capítulo 2.

Por mais duro que tenha sido a batalha para o Mandaloriano, o ovo querido pelos Jawas nos revelou que os nossos queridos e clássicos personagens da franquia queriam na verdade era comer as substâncias alaranjadas do ovo. Observá-los dançando com a gosma laranja como se estivessem dançando em uma rave foi hilário e isso é algo que só Star Wars consegue propor ao misturar uma cena tensa com um momento leve logo em seguida.

Por fim, o que será que a Primeira Ordem ou seguidores que são Resquícios do Império querem do Baby Yoda? Meu primeiro pensamento é que eles querem usar o DNA do Baby Yoda para clonar um exército ou dar uma vida mais longa para alguém. Será que isso poderia estar relacionado com o Palpatine durante A Ascensão Skywalker? Lembrando que é só uma dúvida misturada com uma teoria de fã.

Outro destaque positivo neste show veio da interação entre o Mandaloriano e o Baby Yoda. Em uma cena, Baby Yoda claramente tenta curar a ferida do Mandaloriano depois de protegê-lo de algumas pessoas do deserto. O relacionamento entre Baby Yoda e o Mandaloriano certamente será o centro das atenções nos episódios futuros. No final do episódio, vemos o Baby Yoda acordar de sua exaustão quando o Mandaloriano e ele deixam o planeta e partem para um lugar desconhecido no qual iremos descobrir no próximo episódio.

O Capítulo 2 não apenas nos dá algumas sequências de ação de tirar o fôlego, mas também aumenta a aposta com algum desenvolvimento de personagem de alta qualidade e uma enorme revelação da Força. O mais interessante é que o protagonista está prestes a enfrentar uma decisão importante no Capítulo 3, e fica aqui duas perguntas que eu espero que sejam respondidas o mais breve possível. Será que o Mandaloriano vai entregar a “encomenda” conforme o planejado? Quais são as verdadeiras motivações da Primeira Ordem/Resquícios do Império com o Baby Yoda? Torço para que as respostas venham rápidas e que o show continue neste incrível de abordagem.


Leia a crítica sobre o Capítulo 01:

THE MANDALORIAN | Primeiras impressões sobre a primeira série em live-action da franquia Star Wars – Capítulo 01: Pilot


Gostou da matéria? Então dá aquela força, comenta e compartilha com seus amigos, curta, siga e fique ligado no Protocolo XP nas redes sociais.

Protocolo XP no Facebook

Protocolo XP no Twitter

Protocolo XP no Instagram

The Mandalorian - Capítulo 02: The Child

9.5

Nota para o episódio:

9.5/10

Prós

  • Abordagem da História
  • Protagonista Misterioso
  • Efeitos Práticos
  • Baby Yoda
  • Uso da Mitologia Jedi

Contras

  • Duração do Episódio

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: