Crítica

TITANS | Pontas soltas e momentos forçados! – Episódio #13: Nightwing (Crítica da 2º Temporada)

Com soluções fáceis, a nova temporada de Titans não conseguiu se desvencilhar de grandes problemas que ela teve neste novo ano.

Longe de ser um episódio ruim, “Nightwing” foi um pouco decepcionante, a season finale refletiu os problemas de andamento da trama com muitos personagens e o nos mostrou quando uma série tenta resolver a maioria de suas subtramas de uma vez. O episódio em si tem momentos agradáveis, o que tivemos também no geral nesta segunda temporada que melhorou bastante em relação à primeira.

Leva apenas sete minutos para que a história de Slade Wilson seja encerrada, terminando com o Exterminador “morto”, e Jericó agora aparentemente habitando o corpo de Rose. Mas antes disso temos um breve momento da reunião entre as super-garotas Ravena, Moça-Maravilha, Estelar e Columba que logo em seguida são atacadas pelo vilão.

Em um piscar de olhos finalmente temos o vislumbre do que aguardamos a temporada toda, Dick lutando com o traje de Asa Noturna, os movimentos do personagem com a roupa parecem ótimos para a câmera, e grande parte da luta entre Dick e Exterminador é emocionante (os bastões iluminados com raios azuis deu um ótimo contraste no cenário dark da luta).

E então temos a chegada “forçada” de Rose. O show nunca a desenvolveu como parte da família dos Titãs e há muitas lacunas em seu relacionamento com o Exterminador e ela nunca teve uma conexão com Jericó. O único personagem com quem ela se conectou foi Jason, que fica ausente neste episódio e ver que Rose seja agora essencialmente apenas um avatar para Jericó é mais uma saída rasa no roteiro cheio de confusões desta temporada.

Voltando ao Exterminador, que após uma temporada de construção e escaramuças, era preciso haver mais recompensas. Por mais que Esai Morales tenha conseguido desenvolver Slade nesta temporada (e trazendo mais nuances para o personagem do que vimos em ação), sua morte acontece rapidamente e o golpe final no vilão chega a ser forçado também por não ser quem você esperava.

Com o fim do vilão, a série se concentra rapidamente em outra grande ameaça, Mercy Graves e a CADMUS. Semelhante ao trabalho de Morales, Natalie Gumede fez coisas interessantes com a sua personagem. No entanto, Mercy acabou mudando para o modo cientista louca que está sedenta por dinheiro ao desenvolver a fase dois do seu plano com seres poderosos. Isso é tão impróprio da aliada mais confiável de Luthor. Luthor já tem dinheiro e poder e não iria querer outro kryptoniano voando por aí sem ao menos que ele o controlasse. Leiloar o experimento científico ao maior lance não faz sentido nenhum na trama. É como voltar aos esquemas imobiliários de Luthor, de Gene Hackman.

Além disso, por toda a maldade que Mercy causou nesses últimos episódios, Gar e Conner tiveram a oportunidade de enfrentá-la. Gar foi transformado em assassino e Conner foi tão radicalmente traído que cada um teria sido bem servido com um momento emocional. 

Mas o elemento do trabalho em equipe que se desenrola na batalha contra Conner é realmente bastante sólido. Além disso, a cena em que Rachel envia Dick para o subconsciente de Conner foi excelente, e o momento do milharal entre “Batman / Superman” foi uma bela referência. Mas como o episódio começou com um erro grotesco, os produtores resolveram terminar o episódio dessa season finale com outro erro, a morte besta de Donna Troy.

Os produtores de Titans caíram na armadilha de pensar que a temporada tinha que terminar com um grande sacrifício. Mesmo que eu aceitasse que Donna não pudesse suportar essa carga elétrica, e mesmo que eu pudesse explicar por que o Superboy não se apressou em parar a torre em queda, a morte ocorreu de maneira barata e boba.

Mas está tudo bem porque Donna não está completamente morta, pois Rachel parece pensar que pode trazê-la de volta, e é claro que a semi-deusa viverá novamente. Por mais irritante que seja a morte de Donna, o episódio termina forte. Bruce chegando para dar conselhos a Dick é comovente, pois mescla com Bruce que vimos nesta temporada ao aparecer sempre como parte de uma ilusão do garoto-maravilha. 

Pelo menos agora temos finalmente a reunião da equipe, que está preparada para enfrentar mais uma grande ameaça. Pelo jeito, a terceira temporada terá cenas cósmicas e isso fortalece a produção que teve momentos divertidos.

A série avançou até o fim de sua história nesta segunda temporada em ritmo cadenciado e que poderia ser melhorado, infelizmente não obtivemos sucesso mas torço para que a próxima temporada resolva seus desafios de ritmo e se apegue a uma narrativa consistente e sem se comprometer demais as subtramas, pois está temporada foi finalizada com muitas pontas soltas.


Leia mais sobre Titans


Leia as críticas da segunda temporada:

TITANS | Primeiras impressões do retorno da segunda temporada – Episódio #01: Trigon (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | A “Luz” é “Devastadora”! Episódio #02: Rose (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | Traumas e imaturidade! Episódio #03: Ghosts (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | Um “breve” passado alegre – Episódio #04: Aqualad (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | Slade! Uma ameaça letal! – Episódio #05: Deathstroke (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | A poderosa experiência de dois mundos! – Episódio #06: Conner (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | Assombrando uma consciência pesada – Episódio #07: Bruce Wayne (Crítica da 2º Temporada)

TITANS | Finalmente o passado foi esclarecido! – Episódio #08: Jericho (Crítica da 2º Temporada)

TITANS | As coisas estão ‘Mutano’ para pior ou melhor? – Episódio #09: Atonement (Crítica 2º Temporada)

TITANS | Reparando os pecados – Episódio #10: Fallen (Crítica 2º Temporada)

TITANS | Conselhos de uma lenda – Episódio #11: E.L._.O (Crítica 2º Temporada)

TITANS | Uniforme bonito, feio e um quase perdido! – Episódio #12: Faux-Hawk (Crítica da 2º Temporada)


Leia as críticas da primeira temporadaPo


Gostou da matéria? Então dá aquela força, comenta e compartilha com seus amigos, curta, siga e fique ligado no Protocolo XP nas redes sociais.

Protocolo XP no Facebook

Protocolo XP no Twitter

Protocolo XP no Instagram

Titans - Episódio #13: Nightwing (2º Temporada - Season Finale)

8

Nota para o episódio:

8.0/10

Prós

  • Asa Noturna
  • Ravena
  • Uniformes
  • Titãs Reunidos no final
  • Bruce Wayne

Contras

  • Pontas Soltas
  • Forçada de personagens
  • Morte boba da Donna Troy (Moça-Maravilha)
  • Muitas Tramas não resolvidas
  • Mortes rápida do Exterminador

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: