Crítica

TITANS | Um “breve” passado alegre – Episódio #04: Aqualad (Crítica da 2ª Temporada)

Neste episódio de Titans, a série acaba relembrando a primeira formação do jovem supergrupo a cinco anos antes da atual história do show. Nessa época os heróis viviam um momento mais feliz até pouco antes de serem apresentados ao temível Exterminador.

Algo que funciona bem para Titãs é que ele criou o sentido de uma história compartilhada entre Dick, Hank, Dawn e Donna. Apesar de terem idades próximas, cada um deles já viveram anos de combate e juntos carregam muitas cicatrizes. Na semana passada, “Ghosts” vendeu especialmente essa história de fundo, onde os atores pareciam ter uma boa química entre si e quando visitamos o passado desejado, testemunhamos aqui uma boa história com uma dinâmica fascinante entre os Titãs originais.

Dick, Hank, Dawn e Garth parecem ser mais festeiros, já Donna parece ser a mais centrada do grupo, ela prefere ficar mais dela por medo de se envolver demais com os seus sentimentos que estão bem evidentes por Garth / Aqualad. O ator Drew Van Acker literalmente não é um peixe perdido fora da água. O personagem funciona socialmente com o grupo de heróis e tem também uma boa química com Donna, a paixão entre os dois é claramente mutua, isso porque eles se conhecerem desde que eram crianças. Mesmo em pouco tempo de tela, Garth é divertido e charmoso e cada minuto que vai se passando com a apresentação dele é que ele um personagem bom demais para ficar vivo, o que no final é chocante e ao mesmo tempo previsível em ver o Aqualad sendo morto “acidentalmente” pelo implacável vilão desta temporada.

Falando nele, o vilão Exterminador, a cena de abertura dele matando todo mundo conectado a um julgamento por assassinato (ao som de uma música alegre de jazz ao fundo) destaca suas habilidades como atirador de elite, isso mostra como vilão é convincente no conceito em matar e a cena em que ele enfia uma espada em um homem e limpa ela ao jorrar respingos de sangue na câmera mostram o suficiente do que podemos esperar do vilão na temporada. 

Já a presença do outro vilão, o Doutor Luz foi boa também, mesmo que esta versão dele sendo um cientista seja estranha, ver ele encarando os Titãs foi algo bem interessante. 

Quanto à coreografia das lutas envolvendo os Titãs originais foram outro satisfatório, na cena inicial do episódio eu tinha achado bem simplista, comparado com as sequências de sparring nos episódios anteriores. Mas ver rapidamente a ação de equipe original lutando estrategicamente contra o Doutor Luz foi algo grandioso e é claro que com o avanço no tempo da série, esperamos que essas batalhas melhorem ainda mais.

Com todos esses acontecimentos, estou muito animado para ver mais de Chella Man como Jericó. Em duas cenas breves, o personagem já é atraente e agradável. E a interação entre ele e Dick na loja de discos é ótima. Depois de um momento tão quente, eu amo o sorriso desaparecendo do rosto de Dick, pois ele sem dúvida começa a manipular o pobre garoto, e passou a ser o “Batman” como Dawn instruiu, o que será que aconteceu com personagem e o que nos aguarda para o futuro dos episódios? Vamos torcer logo para que as respostas venham logo!


Nota para o episódio: 4 / 5

 


Leia mais sobre Titans


Leia as críticas da segunda temporada:

TITANS | Primeiras impressões do retorno da segunda temporada – Episódio #01: Trigon (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | A “Luz” é “Devastadora”! Episódio #02: Rose (Crítica da 2ª Temporada)

TITANS | Traumas e imaturidade! Episódio #03: Ghosts (Crítica da 2ª Temporada)


Leia as críticas da primeira temporada


Gostou da matéria? Então dá aquela força, comenta e compartilha com seus amigos, curta, siga e fique ligado no Protocolo XP nas redes sociais.

Protocolo XP no Facebook

Protocolo XP no Twitter

Protocolo XP no Instagram

 

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: