Crítica

YOUNG SHELDON | Crítica da 4ª temporada

Spinoff não consegue ter o mesmo ritmo que sua série "mãe"

Young Sheldon chegou ao final de sua 4ª temporada com 18 episódios lançados e mostra a infância do menino prodígio Sheldon Cooper (Iain Armitage), protagonista do sucesso The Big Bang Theory e interpretado de maneira brilhante por Jim Parsons.

Em seu 4º ano, Young Sheldon mostra os primeiros passos de seu protagonista agora como um aluno de faculdade em tempo integral,e com todas as peculiaridades que já estamos acostumados desde a primeira aparição do personagens, seja em sua versão jovem ou adulta.

Essa temporada acontece sem grandes percalços, acompanhando Sheldon e seus irmãos George Jr (Montana Jordan) e Missy (Reagan Revord) cada vez maiores e enfrentando novos tipos de “desafios”, como uma ameaça de gravidez, o primeiro namorado, e para Sheldon, sua grande rival Paige (McKenna Graice). Isso até o season finale, onde temos o primeiro momento que pode explicar o que foi falado por Sheldon desde o início de The Big Bang Theory, sobre as constantes brigas de seus pais, deixando bastante explícito que eles não tinham um bom relacionamento, o que não parece ser verdadeiro ao acompanharmos Young Sheldon desde o início e vermos que eles não são um casal perfeito (isso existe?), mas que são sim, felizes. Não vou entregar um spoiler aqui sobre isso, então, corre lá e assista a esse season finale e me diga do que achou das últimas cenas entre George (Lance Barber) e Mary (Zoe Perry) e a cena final de George.

Um dos grandes momentos da temporada ocorre sem dúvida em seu início, quando Jim Parsons revela em sua narração durante a formatura do ensino médio do jovem Sheldon, que seu filho com Amy (Mayim Bialik) se chama Leonard Cooper, o que a princípio parece ser uma homenagem a Leonard (Johnny Galecki), mas rapidamente ele trata de esclarecer que o nome é devido a Leonard Nimoy, interprete de Spock em Star Trek.

Como balanço dessa 4ª temporada, recomendo a quem é fã de The Big Bang Theory e não queira abandonar de vez seu universo, pois Young Sheldon é capaz de arrancar algumas boas risadas, mas não fique com a expectativa muito alta de ver uma comédia a altura de TBBT, pois ela está longe disso, uma vez que não possui tantos bons personagens e atores. Para quem está a procura de uma comédia para assistir, vale a pena conferir também, desde a primeira temporada.

Trailer da 4ª temporada:

Young Sheldon

6.5

Nota para a 4ª temporada

6.5/10

Prós

  • Divertida
  • Missy é mais interessante que Sheldon
  • Evolução de George Jr

Contras

  • Bem abaixo de TBBT
  • Alguns episódios lentos e um pouco chatos

William Peloso

Pai do Pedro, Flamenguista, administrador e redator do Protocolo XP, auxiliar fiscal, muito prazer, William! Foco dividido em diversas áreas de cultura nerd/pop/geek, navegando entre games, livros, filmes, séries, animes e quadrinhos e claro, grande fã de Harry Potter, da Marvel, DC, Xbox, Playstation, Nintendo e PC!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: