Entrevista XP

ENTREVISTA XP | Conversamos com um dos criadores da revista Warpzone (BGS 2019)

Na BGS 2019, conseguimos uma bela entrevista com o Cléber da Warpzone em seu estande. O bate-papo foi bem legal, confira essa entrevista e quais as novidades que conseguimos saber deles diretamente da maior feira de games da América Latina:

Protocolo XP: Como foi que surgiu a ideia de criar a Warpzone?

Warpzone: A Warpzone surgiu em 2015 com um fanzine de 8 páginas quando entramos no mercado editorial de videogame, ninguém da Warpzone era jornalista ou escrevia na área de games, aá começamos com a nossa revista, depois o nosso livro e hoje temos até o nosso livro de luxo.

Protocolo XP: Como surgiu a ideia do primeiro livro? Eu sei que foi por financiamento coletivo e que foi do Mega Drive, que inclusive tem o Daniel da comunidade Mega Drive e o Celso Afini do Defenestrando Jogos e comentando sobre a história do Mega no Brasil?

Warpzone: A ideia de lançar um livro de luxo surgiu quando tínhamos 30 livros padrão, aí pensamos, vamos lançar um livro de luxo e escolhemos o Atari. A Tec Toy veio falar que eles estavam relançando o Mega Drive, informamos para a comunidade e a recepção foi tão boa que tivemos arrecadado 200% do que precisávamos. Deu tão certo que a “Série Essencial” tem hoje 5 livros com apoio da comunidade. 

Protocolo XP: Quais são os próximos projetos da Warpzone?

Warpzone: Estamos pra iniciar o essencial Master System e também temos um novo projeto mas ele ainda é segredo por enquanto, dele não podemos falar nada no momento.

Protocolo XP:  Como surgiu a ideia de expandir a revista Warpzone para o Youtube, como no começo eram só coisas voltadas ao canal, já que hoje em dia é as caçadas do galpão para às vendas, mas no começo em si que era mais uma expansão mesmo da revista?

Warpzone: A gente precisava de holofote para o nosso trabalho,. pois a divulgação no Brasil é muito difícil. Então criamos o nosso canal no Youtube, um podcast, nossas redes sociais. Hoje somos multimídia , temos mais de 30 pessoas criando conteúdos.

Protocolo XP:  Como surgiu a ideia da casa do videogame?

Warpzone: A casa do videogame surgiu porque queríamos criar um lugar para reunir a galera igual era as locadoras nos anos 90, acabou virando um point pra reunir esse pessoal, seja pra comprar, vender, ou só pra ir jogar um fliperama como era nos anos 90, com fichas e máquinas da SNK e da Capcom, nada de multijogos.


Gostou da matéria? Então dá aquela força, comenta e compartilha com seus amigos, curta, siga e fique ligado no Protocolo XP nas redes sociais.
Protocolo XP no Facebook
Protocolo XP no Twitter
Protocolo XP no Instagram

Marcos Serafim

Um jovem amante de Tokusatsu há 30 anos, apaixonado por games, Dragon Ball e Zohan
Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: