Filmes

BIRDS OF PREY | Esportes olímpicos fizeram parte da preparação de Margot Robbie e elenco de Aves de Rapina

Daqui a cinco meses, acontece a 32ª edição dos Jogos Olímpicos e as atenções serão todas para as disputas no Japão e seus incríveis atletas. Mas o que poucas pessoas sabem é que muitas dessas modalidades olímpicas também são usadas na preparação de atrizes e atores em filmes de ação.

Um exemplo é Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), com um elenco estelar composto por Margot Robbie, Rosie Perez, Jurnee Smollett-Bell e Mary Elizabeth Winstead, que tiveram que aprender e aprimorar alguns golpes de artes marciais como judô, taekwondo e karatê, todos esportes olímpicos, para entrarem em seus personagens.

As cenas de ação e coreografia das lutas entre as “heroínas” e os vilões são alguns dos destaques do filme, e o elenco treinou arduamente para aprender os estilos de combate de cada personagem.

A atriz Jurnee aprendeu movimentos de perna do taekwondo e kickboxing para fazer a Canário Negro. Já Rosie precisou treinar boxe, esporte que a atriz já é fã, para ser a policial Renee Montoya. Para encarnar a Caçadora, Mary Elizabeth aprendeu a manusear algumas armas e a fazer golpes de judô, jiu-jitsu e karatê.

De acordo com o coordenador de dublês Jonathan Eusebio:

“Jurnee vinha quase todos os dias, por algumas horas, e literalmente suou a camisa. Rosie interpreta uma policial, ela gosta de boxe, então usamos uma base de boxe para seus treinos. E como a Caçadora é uma assassina treinada, ensinamos a Mary Elizabeth um pouco de judô, jiu-jitsu e karatê – muito eficiente e brutal, que é um reflexo da personagem, uma vigilante.”

Margot Robbie não ficou de fora e também teve que treinar e aplicar o esporte olímpico patinação para a personagem Arlequina, mesmo tendo formação profissional, graças ao seu papel em “Eu, Tonya”. A atriz explicou sobre o trabalho realizado com a empresa de dublês 87Eleven Action Design:

“A equipe da 87Eleven abordou seu trabalho conversando conosco sobre a história e as personagens, e como unir os movimentos para que nunca houvesse apenas ação gratuita, mas tecida através da história ou de momentos das personagens. Então, o treinamento tornou-se ainda mais vital. Estávamos nos divertindo, mas estávamos absolutamente exaustas.”

Lembrando que Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa) está em exibição nos cinemas brasileiros.

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: