Filmes

SKIN – A FLOR DA PELE | Filme baseado em história real de supremacista branco ganha trailer

A Pagu Pictures acaba de divulgar o cartaz e trailer brasileiros de “Skin – À Flor da Pele”, que estreia nos cinemas em 26 de março.

Baseado na história real de Bryon ‘Babs’ Widner (Jamie Bell), o filme, dirigido por Guy Nattiv, acompanha a transformação do violento jovem, tatuado dos pés à cabeça com símbolos racistas, que decide abandonar a facção neonazista onde foi criado pelos líderes da gang.

https://www.youtube.com/watch?v=C6GK6jo3CDA&t=5s

Ao se apaixonar por uma mãe solteira (Danielle MacDonald) de três filhas, Bryon só quer ter uma vida normal ao lado da nova família, mas a ruptura com o movimento traz graves ameaças e riscos não apenas para ele, mas também para a mulher e as meninas.

Exibido nos Festivais de Toronto, onde recebeu o Prêmio da Crítica, Berlim e Tribeca, ‘Skin’ deriva do curta homônimo que rendeu um Oscar a Nattiv em fevereiro de 2019. A atuação de Jamie Bell, que foi revelado ainda adolescente com o filme britânico “Billy Elliot,” assim como a de Danielle MacDonald (Happy Cake$), têm sido aclamadas pela critica especializada.

No elenco também estão a premiada atriz Vera Farmiga, Bill Camp, Daniel Henshall e Mike Colter, no papel de Daryle Jenkins, ativista fundador do “One People’s Movement”, que ajudou Bryon a se reconstruir. Ele trabalha para resgatar membros de grupos segregacionistas e neutralizar, junto ao FBI, as células que disseminam o ódio racial nos Estados Unidos.

O roteirista e diretor israelense Guy Nattiv, neto de quatro sobreviventes do holocausto, conta que ao ver o rosto limpo e ler sobre o perigoso e doloroso processo vivido pelo ex-skinhead americano num jornal em Tel-Aviv, quis saber mais e foi encorajado pelo avô a seguir adiante com a seguinte afirmação dele:  “Essas são as histórias de que o mundo mais precisa”

.

Confira a sinopse do filme:

Skin – À Flor da Pele é baseado no documentário-curta vencedor do Oscar e conta a história de Bryon Widner, um notório jovem supremacista branco. Coberto de tatuagens racistas da cabeça aos pés, Bryon leva uma vida cheia de violência e ódio. Quando ele conhece Julie e suas três filhas, ele decide abandonar o movimento neonazista e transformar sua vida com a ajuda de um ativista negro e de sua nova família. Enquanto tenta mudar sua vida, Bryon e sua família sofrem constantes ameaças de sua antiga gangue. Mas, com a ajuda do FBI, ele muda de identidade e passa por 25 procedimentos de remoção de tatuagens ao longo de quase dois anos, em troca de informações sobre seus antigos parceiros.

William Peloso

Pai do Pedro, Flamenguista, administrador e redator do Protocolo XP, auxiliar fiscal, muito prazer, William! Foco dividido em diversas áreas de cultura nerd/pop/geek, navegando entre games, livros, filmes, séries, animes e quadrinhos e claro, grande fã de Harry Potter, da Marvel, DC, Xbox, Playstation, Nintendo e PC!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo