Games

BLIZZCON 2021 | World of Warcraft Burning Crusade Classic convoca os jogadores a cruzar novamente o Portal Negro

Viaje de volta ao mundo arrasado de Draenor, igualzinho a antes, na primeira expansão de World of Warcraft® Classic da Blizzard Entertainment — ainda este ano. Burning Crusade Classic™ está incluso em todas as assinaturas vigentes de World of Warcraft sem custos adicionais

Além do Portal Negro, no mundo arrasado de Terralém, os exércitos demoníacos da Legião Ardente preparam uma invasão que colocará todo o mundo de Azeroth em perigo. Ainda este ano, os jogadores de World of Warcraft® regressarão às ruínas vis da Península Fogo do Inferno para cortar a incursão pela raiz, redescobrirão o que vem rondando os subterrâneos das florestas fúngicas do Pântano Zíngaro e enfrentarão Illidan, o Traidor, uma vez mais em Burning Crusade Classic, uma recriação autêntica da primeira e aclamada expansão de World of Warcraft, da Blizzard Entertainment. De acordo com J. Allen Brack, presidente da Blizzard Entertainment:

A comunidade de World of Warcraft deixou claro que queria o WoW Classic, e agora ela está doida para continuar essa jornada em The Burning Crusade. Desde o lançamento de WoW Classic, à medida que fomos soltando as atualizações de conteúdo, aprendemos muito sobre o que os jogadores esperam de uma experiência como essa em 2021. Estamos trabalhando a partir disso para garantir que as novas aventuras dos jogadores em Terralém sejam épicas como nunca, estejam eles tornando a atravessar o Portal Negro ou realizando a travessia pela primeira vez.

Burning Crusade Classic expande o conteúdo épico de World of Warcraft Classic, dando aos jogadores uma oportunidade de viver mais um capítulo lendário na saga de Warcraft®. A partir do lançamento e ao longo das atualizações de conteúdo que estão por vir, essa recriação trará de volta as características da expansão de 2007, como:

  • O reino arrasado de Terralém – atravesse os rochedos e picos traiçoeiros das Montanhas da Lâmina Afiada, onde até os dragões têm medo de pisar; cace na companhia dos Mag’har, os orcs que jamais foram corrompidos, nas ilhas flutuantes de Nagrand; confronte agentes demoníacos da Legião à sombra do Templo Negro e muito mais.
  • Duas raças jogáveis novas – lute pela Horda como elfo sangrento, buscando uma nova fonte de energia arcana para alimentar sua raça, ou junte-se à Aliança como draenei, o povo exilado de Terralém, em busca de um novo lar.
  • Portões da Arena – junte seus aliados de confiança e mostre sua perícia em combates JxJ 2×2, 3×3 e 5×5, em arenas como o Ringue da Provação e o Círculo Sangrento.
  • Montarias voadoras – corte os céus caóticos de Eternévoa e sobrevoe o Vale da Lua Negra com a introdução de montarias voadoras em Terralém.
  • Raides e masmorras desafiadoras – conquiste masmorras de 5 jogadores na fortaleza de cristal da Bastilha da Tormenta e nas Cavernas do Tempo, onde os heróis testemunham o passado de Azeroth. Invada os salões assombrados de Karazhan (10 jogadores), e equipe-se ao longo da jornada para um confronto climático contra Kil’jaeden no Platô da Nascente do Sol (25 jogadores).
  • Novas opções para os heróis – entalhe gemas de poder para engastar nos equipamentos, com a profissão de Joalheria; escolha entre a facção dos Aldor ou dos Áugures em Shattrath e conquiste recompensas exclusivas; crie um paladino na Horda, ou um xamã na Aliança; e muito mais.

Antes de cruzar o Portal Negro, os jogadores poderão fazer uma escolha para cada um de seus personagens já existentes em WoW Classic: progredir para a era da Cruzada Ardente junto com os demais heróis da Horda e da Aliança do seu reino ou continuar desbravando o conteúdo original do WoW Classic nos novíssimos servidores da “Era Classic”, que vão sair junto com o Burning Crusade Classic. Os jogadores que quiserem o melhor dos dois mundos terão a opção de “clonar” cada personagem do WoW Classic mediante a contratação de um serviço pago, que permitirá que o herói adentre o mundo de Burning Crusade Classic enquanto sua cópia continua a aventura original no reino da Era Clássica. Mais detalhes sobre cada tipo de reino e as opções disponíveis aos personagens serão informadas posteriormente.

Já os jogadores que não tiverem personagens prontos para a jornada além do Portal Negro, mas tiverem o interesse em se aventurar por Terralém com seus amigos, a Blizzard oferecerá um upgrade de personagem para o nível 58 bem pertinho do lançamento da expansão. A fim de preservar a integridade das conquistas dos jogadores em WoW Classic, esse upgrade não poderá ser usado em reinos da Era Classic nem nas raças elfo sangrento e draenei; além disso, os jogadores só poderão evoluir um personagem por conta de World of Warcraft. Outros detalhes, inclusive preço e disponibilidade, serão anunciados em breve.

Assim como foi com WoW Classic, o acesso a Burning Crusade Classic estará incluso em todas as assinaturas vigentes de World of Warcraft sem custos adicionais. No futuro próximo, a Blizzard Entertainment vai dar o pontapé inicial no teste beta de Burning Crusade Classic e convocará os jogadores para dar um retorno das suas experiências e, assim, ajudar a expansão a alcançar o maior equilíbrio possível entre autenticidade e diversão. Mais informações sobre o teste beta, inclusive como participar, serão anunciadas em breve.

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: