e-sports

FREE FIRE | Finais da Free Fire Continental Series acontecem neste fim de semana (28 e 29 de Novembro)

As melhores equipes de Free Fire do mundo entram em ação neste fim de semana para as Grandes Finais da Free Fire Continental Series (FFCS), o principal torneio internacional de Free Fire de 2020. Cada uma das três séries do campeonato – Américas, EMEA e Ásia – reunirá seus respectivos finalistas na disputa pelo título de melhor equipe da região.

As finais da FFCS acontecerão em 28 de novembro (Américas e EMEA) e 29 de novembro (Ásia), com um prêmio total de US$ 900.000 – ou seja, US$ 300 mil cada.

O grupo musical T.R.A.P., composto pela Moco, Antonio, Miguel e Kelly estará de volta: os personagens de Free Fire se apresentarão durante a cerimônia de abertura da FFCS.

No último fim de semana, durante os playoffs, se classificaram as seguintes equipes brasileiras: Cruzeiro, Flamengo B4, Santos Esports e RED Canids Kalunga. Estas se juntam às já finalistas SS Esports, Vivo Keyd, Team Liquid, paiN Gaming, Ignis Esports, Arctic Gaming, Team Aze e Savage – Esports na briga pelo título.

A final da divisão Americas Series acontece amanhã (28), a partir das 14h, com transmissão ao vivo nos canais oficiais do Free Fire no YouTube e na BOOYAH!, plataforma de streaming oficial da Garena.

Durante as partidas, os jogadores poderão resgatar recompensas exclusivas e muitos diamantes pela BOOYAH! (é necessário ter a conta Free Fire sincronizada com o serviço), além de aproveitar eventos in game e o lobby do jogo totalmente personalizado pelo tema FFCS.

Veja abaixo os itens exclusivos da final:

Formato Competitivo

Todas as três séries seguem o mesmo formato competitivo em ambas as fases do torneio: as equipes jogam ao longo de seis rodadas, em três mapas (Bermuda, Purgatório e Kalahari), com pontos atribuídos com base na classificação da rodada e no número de mortes.

Veja como funciona abaixo:

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo