e-sports

FREE FIRE | Garena anuncia Free Fire Continental Series (FFCS), série de competições internacionais para 2020

Com a participação das melhores equipes de Free Fire do mundo, a Garena anuncia a Free Fire Continental Series (FFCS), principal torneio internacional do Free Fire para 2020. A competição vai acontecer totalmente online e terá premiação total de US$ 300 mil para cada região: Américas; Europa, Oriente Médio e África (EMEA); e Ásia.

Por medida de segurança, a FFCS vai substituir o  Free Fire World Series (FFWS), reforçando o compromisso da Garena em trazer mais conteúdo para a comunidade. Além da competição, os jogadores ainda terão eventos in-game com o tema FFCS que trarão recompensas exclusivas.

A FFCS será formada por três torneios regionais, realizados simultaneamente: o Free Fire Americas Series, com os melhores jogadores das regiões Brasil e LATAM; o Free Fire Asia Series, com presença dos melhores atletas de Taipé Chinês, Índia, Indonésia, Malásia, Filipinas, Camboja, Tailândia, Vietnã e outros mercados da região; e por fim o Free Fire EMEA Series, que reúne jogadores da Europa, Rússia, Oriente Médio e Norte da África (MENA).

Seguindo o formato de seis quedas em três mapas (Bermuda, Purgatório e Kalahari), cada torneio regional terá início em 21 de novembro e finais nos dias 28 e 29 do mesmo mês, variando o dia conforme a região. O sistema de pontuação seguirá por pontos corridos, obtidos por cada abate e a posição da tabela no final da queda.

● Totalmente online, eventos serão compostos por três torneios regionais realizados simultaneamente nas Américas, Europa, Oriente Médio, África (EMEA) e Ásia. 

● Cada torneio regional vai reunir as melhores equipes de Free Fire disputando uma premiação total de US$ 300 mil. 

● Jogadores do Free Fire terão eventos in-game exclusivos com o tema da FFCS.

Mais detalhes sobre a FFCS serão anunciados nos próximos meses.

Igor Ops

Professor de Biologia e Educação Física Escolar, amante de praticamente tudo do mundo nerd e lunático pela 7º Arte. Gosta da Marvel mas não tem vergonha de revelar para todos o seu amor platônico pela DC Comics e odeia a briga boba entre marvetes e dcnautas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: