Review

SAMURAI SHODOWN | O clássico jogo de luta que apela para nostalgia (Review)

Samurai Shodown traz de volta a clássica franquia da SNK lançada inicialmente no ano de 1993. O jogo foi lançado inicialmente para PS4 e Xbox One em 2019, e agora chega também para PC através da EpicGamesStore. Ele também foi lançado para Nintendo Switch e Stadia.

E foi a versão de PC que testamos para elaborar essa review. Samurai Shodown traz de volta o mesmo estilo de jogo que seus antecessores, com gráficos bastante melhorados em uma visão 2.5D, deixando tudo ao redor do jogador mais bonito.

O game conta com alguns diferentes modos de jogo, que acabam sendo bastante parecidos. O jogo não possui uma história no modo campanha ao estilo de, por exemplo, Injustice, sendo assim o jogador irá basicamente enfrentar uma sequência de adversários até chegar ao adversário final. 

As mecânicas de batalha lembram demais jogos dos anos de 1990 e início dos anos 2000, especialmente os lançados para Super Nintendo e PS1. Os lutadores são um pouco lentos e tem seus movimentos bastante restritos, o que pode desagradar aos jogadores mais jovens, e também aqueles que se adaptaram aos games de luta mais velozes e “livres”. Aqui temos um prato cheio aos saudosistas, que terão um jogo mecanicamente nostalgico, mas graficamente atual.

Não há muita diferença na luta em si quando o jogador alterna entre personagens. Alguns se mostram um pouco mais velozes, com o dano um pouco menor, outros já são mais lentos e fortes, mas independente da escolha do jogodor, isso não afetará tanto a luta, fazendo com que trocar lutadores fique semelhante a se fazer uma simples troca de skin.

Por não contar com um modo campanha com uma trama a auxiliar o jogador a “entrar de cabeça” no game, o grande ponto para se divertir seria a batalha contra outros jogadores. Não consegui testar o modo online, pois das vezes que tentei, não encontrava jogadores disponíveis. E no fritar dos ovos, jogos de luta são sempre mais divertidos jogando com seus amigos ao seu lado, para a boa e velha zoeira com o perdedor. Isso temos aqui, e como sempre, é a forma mais divertida de se aproveitar Samurai Shodown.

Samurai Shodown não inova em absolutamente nada em seus modos de jogo, em sua mecânica de luta e gráficos. O jogo em si é bastante fácil, mesmo jogando no nível mais elevado. Outro ponto negativo que merece destaque são as excessivas telas de loading a cada batalha. 

Mas nem só de defeitos o jogo é feito. Sua parte gráfica está muito bem feita. Os personagens e cenários estão bonitos e são em minha opinião, o grande destaque do jogo. Seu menu está totalmente em português, mas as partes escritas em japonês ainda estão lá. A atualização dos personagens para os novos gráficos está sensacional. Ao menos aqui, a SNK acertou em cheio.

Em suma, Samurai Shodown traz de volta a sensação de jogar um jogo de 20 ou 30 anos atrás, mas deixa a desejar em muitos sentidos, trazendo modos de jogo simples e já conhecidos, não apostando em uma história por trás do modo campanha, e com lutadores lentos e com movimentos restritos em batalha.


Trailer de Samurai Shodown:

Samurai Shodown

6.5

Nota:

6.5/10

Prós

  • Gráficos
  • Fator Nostalgia

Contras

  • Mecânica de luta limitada
  • Sem inovações ou novidades
  • Falta modo campanha com história

William Peloso

Pai do Pedro, Flamenguista, administrador e redator do Protocolo XP, auxiliar fiscal, muito prazer, William! Foco dividido em diversas áreas de cultura nerd/pop/geek, navegando entre games, livros, filmes, séries, animes e quadrinhos e claro, grande fã de Harry Potter, da Marvel, DC, Xbox, Playstation, Nintendo e PC!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: