Review

SERIOUS SAM 4 | Por que está tão sério Sam? (Review)

Serious Sam 4 é um game de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Croteam e distribuído pela Devolver Digital para PC e Stadia e com previsão de lançamento para Xbox One e Playstation 4 em 2021. O game traz consigo uma pegada old school, no mesmo estilo de DOOM e DOOM Eternal. Incluindo uma boa dose de ação frenética com dificuldade acima dos padrões atuais e com pitadas de humor sarcástico do protagonista, Sam, que não perde a chance de tirar sarro das bizarrices que o jogador vai encontrar.

(Imagem Promocional: Serious Sam 4 – Devolver Digital)

Apesar de ser o 4º game da série principal, Serious Sam 4 ocorre antes dos eventos de Serious Sam 3, que por sua vez também ocorre antes de Serious Sam: The First Encounter que é o primeiro game da série por ordem de lançamento, ou seja Serious Sam 4 é como se fosse o inicio da história, sendo um bom ponto de inicio até para quem não jogou nenhum game da franquia e deseja começar agora. Na história você é Sam “Serious” Stone, um cara que não leva desaforo pra casa e vai acabar se tornando uma das principais esperanças da humanidade contra as forças invasoras do alienígena Mental.

Graficamente falando o game é colorido e vibrante, com belos gráficos que tem sua própria personalidade, e conta com grandes áreas que podem ser exploradas, incluindo capítulos com uso de veículos. Mas que estão longe de serem consideradas o melhor que a tecnologia atual pode oferecer, especialmente no que toca em relação a otimização do jogo, sendo a versão PC pouco otimizada e mais pesada do que seria necessário para o seu próprio bem.

(Imagem Promocional: Serious Sam 4 – Devolver Digital)

No quesito som, Serious Sam 4 traz muitos diálogos em inglês legendados em português brasileiro. A falta de uma dublagem em português pode afastar alguns jogadores, pois as legendas nem sempre combinam com a jogabilidade frenética do jogo, ficando difícil acompanhar os diálogos enquanto se mata uma horda de criaturas que vem pra cima de você sem nenhuma piedade. Quanto aos sons, todos os principais sons da série estão de volta, como as tiradas cômicas do Sam e os já clássicos gritos dos Kamikazes enquanto correm em sua direção.

Sobre a jogabilidade, Serious Sam 4 traz de volta um estilo de jogabilidade a moda antiga, ou seja, nada de vida que se recupera sozinha com o tempo, por exemplo. Outras mecânicas clássicas que o game traz de volta, são a necessidade de chaves para poder avançar em algumas áreas, e batalhas com chefes. Tudo repaginado, balanceado e apresentado de forma a não ser algo maçante ao longo do gameplay.

(Imagem Promocional: Serious Sam 4 – Devolver Digital)

Outro ponto que o jogo parece herdar dos FPS clássicos é a inteligencia artificial em modo matar, matar, matar, com a maioria dos inimigos simplesmente vindo para cima de você sem nenhuma estratégia, como tentar se proteger ou flanquear o jogador, mas o jogo compensa essa burrice artificial com hordas gigantescas de inimigos vindo para cima do jogador ao mesmo tempo.

Em resumo Serious Sam 4 deve agradar até jogadores novos que não conheciam a franquia, e desejam começar com algo mais novo. Qualquer um que curta um desafio e uma diversão sem um tom de seriedade na história, vai se sentir em casa no game. Apesar de ter seus problemas, Serious Sam 4, consegue entreter e desafiar deixando no final um gostinho de quero mais e a curiosidade sobre o que acontecerá à seguir na história do jogo.


Serious Sam 4

6.5

Nota para o jogo:

6.5/10

Prós

  • Dificuldade na medida certa para se ter um desafio justo
  • Hordas gigantes de inimigos e armas criativas e poderosas para usar neles
  • Os inimigos clássicos da franquia estão de volta

Contras

  • Jogo parece mais pesado que deveria
  • Falta de uma dublagem em português brasileiro
  • História do jogo é o segundo prequel seguido na série principal

Nelson Reverso

Nerd raiz, da época que o termo era xingamento. Amante do cinema especialmente o trash, games e cultura POP. Trekkie, maluco por ficção cientifica. E totalmente politicamente incorreto.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: