Equipe Protocolo XPReview

TERMINATOR: RESISTANCE | Uma das maiores surpresas deste ano! (Review)

Terminator: Resistance 2019 é um FPS com elementos de RPG, distribuído pela Reef Entertainment e desenvolvido pela Teyon, mesma desenvolvedora do famigerado Rambo: The Videogame 2014. Mas é preciso deixar claro que embora Terminator: Resistance tenha seus problemas ele ainda é disparado o melhor jogo já feito da franquia Exterminador do Futuro. E consegue até mesmo redimir a Teyon pelo fraquíssimo Rambo, mostrando uma grande evolução da desenvolvedora. O game já foi lançado para PC e tem lançamento previsto dia 10/12/2019 no Xbox One e Playstation 4 também.

A história do jogo segue os acontecimentos dos primeiros 2 filmes da franquia, Exterminador do Futuro (The Terminator) 1984 e Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (Terminator 2: Judgement Day) 1991. Ignorando tudo que veio depois, o que significa que você não vai encontrar nada de Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (Terminator: Dark Fate) 2019 aqui. O game também conta com 2 HQs da Dark Horse Comics que servem para introduzir a história do jogo. Sendo elas TERMINATOR: RESISTANCE Zero Day Exploit Parte 1 e Parte 2.

Na história que se passa em uma Los Angeles arrasada e tomada pelas máquinas, mais 30 anos após o Dia do Julgamento. Você é o soldado da Resistência Jacob Rivers, membro e único sobrevivente da divisão do pacífico, que foi aniquilada por uma poderosa e misteriosa nova arma da Skynet. Agora cabe a Rivers entregar essa informação à Comandante Baron do 132º pelotão, antes que seja tarde de mais. Para isso você terá de abrir seu caminho entre as máquinas assassinas da Skynet e escolher entre ajudar ou não outros humanos, durante sua jornada. Tudo isso em uma aventura original que consegue facilmente ser melhor que as histórias contadas em qualquer um dos filmes lançados depois de Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final.

Em termos de jogabilidade os jogadores da franquia Fallout se sentirão em casa aqui, com vários elementos parecidos. Como as mecânicas de crafting, customização de armas, arrombamento, hacking, evolução de personagem, modo furtivo, múltiplas opções de diálogos que podem levar a finais diferentes do game. Tudo isso parecido, mas com sua própria personalidade. Como por exemplo o hacking, que aqui pode ser utilizado para abrir portas e tomar o controle de alguns tipos de máquinas. O minijogo de hacking é algo que lembra muito o jogo de fliperama Frogger, com o objetivo de levar um ponto na tela de uma extremidade até a outra, evitando os firewalls da Skynet.

No quesito gráfico o jogo conta com belos gráficos, ricos em luz e sombra. E também possuí um filtro cinematográfico para dar um ar de filme ao game, mas que pode ser desligado nas opções se o jogador desejar. Talvez um dos pontos mais fortes dos gráficos, seja colocar o jogador no mundo apocalíptico que até agora somente tinha sido mostrado de relance. No caso, o mundo da guerra contra as máquinas, de Exterminador 1 e 2, tudo isso com uma imersão fantástica e game design muito acertado.

Quanto ao som, os efeitos sonoros são bem trabalhados e não fazem feio. A dublagem do game apesar de ser em inglês com legendas em português, é muito bem-feita e convincente. Já a trilha sonora, ela é uma grande homenagem à trilha dos filmes. E tenho certeza que vai fazer o coração de qualquer fã bater mais rápido em todas vezes que começar a tocar.

Como dito antes, nem tudo são rosas e Terminator: Resistance também tem seus defeitos. Talvez o maior deles seja a falta de um modo multiplayer, que poderia trazer mecânicas insanas e tornar o tempo de jogo em algo quase infinito. Uma vez que não existem muitas coisas pra trazer você de volta depois de fazer todos os finais. Outro ponto que pode ser destacado é a inteligência artificial dos inimigos, que parece ultrapassada. Com inimigos que não tentam sair da sua linha de tiro, e que tem somente uma estratégia, que é vir direto pra cima de você. Mesmo quando estão em grupo as máquinas nunca tentam flanquear ou encurralar o jogador.

Concluindo, Terminator: Resistance é o melhor jogo de Exterminador do Futuro que já joguei, e também uma das melhores surpresas que tive esse ano em termos de games. Além de tirar o gosto ruim que Exterminador do Futuro: Destino Sombrio deixou na boca dos fãs da franquia. Se você curte jogos de tiro em primeira pessoa e é fã da série de filmes Exterminador do Futuro, não perca tempo e vá jogar Resistance agora mesmo!

Terminator: Resistance

9.5

Nota para o jogo:

9.5/10

Prós

  • Historia original e empolgante
  • Trilha sonora excelente
  • Mecânicas de jogabilidade interessantes
  • Sensação de imersão nos filmes
  • Ignora tudo que saiu depois de Exterminador 2

Contras

  • Inteligencia artificial fraca
  • Falta de um modo multiplayer

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo