MarcosReview

THE ETERNAL CASTLE REMASTERED | Review

Game surpreende pelo seu tom!

Caso você seja um jogador veterano e gostaria de relembrar sua época onde jogava bastante Atari, que se utilizava muito da imaginação para ver um jogo no meio de um monte de pixel, The Eternal Castle veio justamente para isso.

Aí você vem e me fala, como assim The Eternal Castle veio para isso se ele é um remaster e como ele é uma novidade? Muito simples! O diretor do jogo Leonard Menchiari quis nos brindar com um jogo de 1987, porém esse jogo em si não existiu e essa é a genialidade. Gráficos com cores meio sombrias em tons nos quais nós não conseguimos entender muito do que vemos no pano de fundo.

A melhor parte do game é que a inspiração vem de vários jogos indies bons e que bebem na fonte de Príncipe da Persia. Neste caso, em The Eternal Castle você pode escolher entre duas opções para iniciar a sua aventura com Adam ou Eve, com a grande missão de salvar uma jovem donzela, porém não sabemos que ela é de uma espécie que tem a missão de colonizar e cultivar o ecossistema de outros planetas, que sem nenhum motivo aparente ela se perdeu.

No começo do jogo estamos saindo de um lugar misterioso parecendo uma casa ou uma cabana e intuitivamente vamos entendendo que devemos pular sobre alguns barris ou planícies, ao se agachar podemos coletar alguma arma (que nos deixa uma barra extra branca mostrando quanto temos de munição) e a barra rosa é a nossa vida.

A mecânica do jogo é bem simples, pois ele é um jogo de plataforma, mas no decorrer do jogo temos várias armas disponíveis como uma pistola, uma espingarda, uma submachine ou até mesmo uma espada para poder lutar contra os inimigos. Mas não pensem também que o jogo é só alegrias, pois não é, tem momentos do jogo que a mecânica atrapalha, como por exemplo eu tive um momento do jogo no qual eu precisava subir as escadas e ao invés de subir o personagem ficava pulando, e com a tela cheia de inimigos eu acabava apanhando e morrendo por não conseguir fugir do lugar no tempo estimado. Fora que se você conhecer o jogo ele vai acabar durando por apenas  1 hora de diversão,  caso não conheça no máximo em 3 horas você finaliza. 

O jogo está disponível nas plataformas, Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC via Steam. Eu recomendo todos a darem uma oportunidade para esse jogo que bebe em várias fontes que hoje em dia são bem aclamadas e o tom sombrio do jogo chega até a ser um charme.

Trailer:

 

The Eternal Castle Remastered

9

Nota:

9.0/10

Prós

  • Clima sombrio
  • Abertura do MS-Dos
  • Intuitivo
  • Dificuldade na medida
  • Retro game de qualidade

Contras

  • A mecânica atrapalha um pouco
  • Jogo curto
  • Poucos momentos que temos que imaginar por não entender

Marcos Serafim

Um jovem amante de Tokusatsu há 30 anos, apaixonado por games, Dragon Ball e Zohan

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo